.

Edição 9

Ilustração: O Cartunista
Etiqueta - Em tempos de democracia, liberdade de expressão, e até mesmo de “faça o que quiser e seja feliz”, afinal o que se deve ou não dizer neste verão/2004? Outro dia, em meu passeio pelo Sambódromo carioca, encontrei dois coleguinhas flanando (coleguinha é gíria da profissão e significa simplesmente jornalista); ou melhor, ele estava trabalhando, e ela, flanando. Ao vê-lo bronzeado, a coleguinha disparou: “De onde é este seu bronzeado?” Pergunta maliciosa, afinal meu colega jornalista poderia estar com uma namorada nova curtindo adoidado sua paixão hospedado nos hotéis e/ou motéis cariocas. Detalhe: quase todos têm piscina. E então, a colega dispara de onde é o bronzeado?? Dá vontade de responder: Não te interessa! Todavia, educado como é esse meu amigo, respondeu simplesmente que o bronzeado era fruto de seu trabalho ao ar livre nos dias quentes do verão carioca. Ah, bom!...
Costureiras de todo o Brasil, preparar, apontar e...encurtar! – Ainda neste passeio pelo Sambódromo carioca, deparei-me com as saias mais curtas de todo o país, saias que matariam Darlene de inveja ( personagem vivida pela atriz Deborah Secco na novela Celebridade da Rede Globo). Quer sambar? Quer abafar? Então, encurte a saia e caia na folia!
Arte: Alejandro Truman
Pxiuuuu! Silêncio! - E já que o assunto é samba, após o dia 20 de janeiro, dia de São Sebastião, padroeiro do Rio, o cardeal Dom Eusébio Scheid resolveu calar-se diante da polêmica do tema da camisinha que será mostrado pela escola de samba carioca Grande Rio. Em contato com a assessoria de imprensa do cardeal, fui informada de que Dom Eusébio, desde o último dia 20, decidiu acabar com a polêmica, estando disponível para entrevistas apenas no mês de março. Com isso, Joãosinho Trinta, acredito que o cardeal, silenciosamente, não aceitará seu convite de visitar o barracão da escola e conferir de perto o enredo “Vamos vestir a camisinha, meu amor!“.
Joãosinho Trinta e o Cardeal Dom Eusébio Scheid
 
Desfile- A estilista Marie Ardisson convida para o desfile de sua coleção outono/inverno 2004/2005. Marie é francesa e atualmente mora em Roterdã, na Holanda. As saias de Marie são bem mais comportadas do que as das passistas do Sambódromo, uma vez que a coleção da estilista foi baseada nos anos 20.
Adeus ao crediário – Perdoem-me os chiques, leitores desta coluna, mas a-do-ro as palavras carnê e crediário, entretanto terei que dar adeus ao crediário que costumava fazer na loja Victor Hugo. Em meu passeio pelo shopping Nova América, na zona norte do Rio, descobri que a Victor Hugo OFF que funciona naquele shopping ( ou em bom português, ponta de estoque) não parcela mais em seis vezes, agora o valor total da compra só pode ser dividido em um máximo de três prestações. Do outro lado da cidade, no shopping Fashion Mall, reduto das celebridades, as bolsas Victor Hugo na promoção estão custando cerca de 500 reais. Voltando à zona norte, no shopping Nova América funciona a loja Sueldo’s, desculpe-me o proprietário, mas não tenho como não dizer que trata-se de uma imitação da Victor Hugo. Embora imitações, não são baratas, as bolsinhas de festa chegam a custar 250 reais. Bom, entre 500 pela legítima e 250 pela imitação, você decide! Na próxima edição, você ficará sabendo que abrir um crediário também pode ser coisa de bacana. Uhlala!
Lascando o pau – A seção "Lascando o Pau" desta edição é assinada pelo leitor Ricardo Nogueira, do Rio de Janeiro. Conta ele que esteve com a namorada na Confeitaria Colombo do Forte Copacabana. Segundo o leitor, “o atendimento de qualquer bar de esquina é melhor do que o da tradicional confeitaria”. Uma lástima, visto que o atendimento nas filiais do Centro e de Ipanema faz com que você tenha vontade de voltar.
Foto: site da empresa
In love 2 - Lascamos o pau, sim, mas também elogiamos a Cidade Maravilhosa. Dentro da seção “Apaixonada pelo Rio”, destaco mais um local onde o “cliente é rei”. Trata-se da lavanderia Quality Cleaners. Quando fui deixar minha cota de roupas da semana, a atendente garantiu: “Não se preocupe, suas blusas serão cuidadas”. Nesta lavanderia, além de lavadas, as roupas são cuidadas. Muito chique!
Aos cinéfilos de plantão- O filme da vez é Encontros e Desencontros. Para quem conhece e/ou morou no Japão, é simplesmente imperdível. Sofia Coppola assina a direção e merece o Oscar na categoria a que foi indicada. Palmas para a jovem diretora!
Fotos: AlloCiné
Aos cinéfilos de plantão 2 – “A serenidade vale mais que um Oscar”. A frase é de Tom Cruise em entrevista à revista italiana Glamour. Fique, então, bem sereno, Samurai Tom, já que você não é candidato ao Oscar. Eis a lista dos atores indicados ao Oscar/2004: Johnny Deep, Ben Kingsley, Jude Law, Bill Murray e Sean Penn. O Oscar/2004 será no dia 29 de fevereiro.
Foto: Revista Glamour (Itália)
Irasshaimase – Em tempos de “O Último Samurai” e “Encontros e Desencontros”, filmes que abordam a cultura japonesa, que tal estudarmos japonês? No Rio de Janeiro, mestres em língua japonesa são os professores Rosa e Akira Sonoo. Basta entrar no curso dirigido pelo casal, e você já se sentirá em terras nipônicas. Dúvidas de japonês e sobre a cultura do país podem ser tiradas diretamente com a professora Rosa através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Uma delícia glacial – Seis reais no bolso e a garantia de uma tarde feliz. Eu que andava meio tristonha com o fechamento da filial do Café Häagen- Dazs de Copacabana, alegrei-me ao saber que a loja do Fashion Mall continua firme e forte e, melhor, com os ótimos atendentes da filial de Copa. Barato, Häagen-Dazs não é...mas o copinho de uma bola ao preço de 6 reais já garante uma tarde alegre, bem carioca e deliciosamente glacial.
Fotos: Häagen-Dazs
Na capital do samba, tem forró, sim, senhor- A poucas semanas do Carnaval, o Rio se enche de turistas que dançam samba e...forró. A Feira de São Cristóvão agora funciona de quinta-feira a domingo, e no mês de fevereiro deve abrir também às quartas-feiras. Segundo o prefeito César Maia, a Feira de São Cristóvão recebe 130 mil pessoas a cada final-de-semana. Na próxima semana, convido os homens a dançar tango, e ainda os salões de beleza que podem transformar uma mulher em uma autêntica chinesa loura. Tchau e até lá!

Colaboração: Maria Contreras ( de Brasília)
     Florian Béthuleau e Stephane Serrier (da França)

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120