.

Uma atriz injustiçada na corrida para o Oscar

3-02-2015

Blog-074

Jurava que Amy Adams havia sido indicada para o Oscar 2015 na categoria de melhor atriz. Lá fui eu assistir a "Grandes Olhos" na torcida pela magnífica atriz de quem sou fã. Quando retornei ao escritório e fui pesquisar, que decepção. Amy não está entre as indicadas. No entanto, independente de indicação ao Oscar, vale a pena assistir ao filme (pelo menos Amy faturou o Globo de Ouro na categoria melhor atriz comédia/musical). Baseado em uma história real, Amy representa a pintora Margaret Keane, conhecida por retratar crianças com olhos enormes. O problema é que, após se casar com o mau caráter Walter Keane, Margaret passa a assinar as pinturas apenas como "Keane", sem o primeiro nome. Walter, que se dizia pintor quando conheceu Margaret, não passava de um falsário e começa a comercializar os quadros de Margaret como se fossem seus. Sentindo-se fraca e solitária, a pintora aceita a farsa durante cerca de uma década, até se dar conta de que deveria revelar ao mundo que ela era, na verdade, a autora das obras. Margaret decide, então, ir à Justiça e vence a causa, quando o juiz manda que os dois pintem um quadro no tribunal. Walter tenta driblar a situação alegando dor no ombro, enquando Margaret pega os pincéis e arrasa, provando ser ela a autora dos milhares de quadros vendidos por Walter como sendo dele. Moral da história: nunca deixe seu chefe, seu marido, namorado nem ninguém afirmar que é autor de um projeto, de um texto, ou de uma obra sua. Os louros da vitória devem ser dados ao verdadeiro autor.

 

 

 

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120