.

O que o Grammy e o Carnaval carioca tem a ver?

09-02-2015

Blog 075

 

Blog 075 1

 

Blog 075 2

 

Blog 075 3

 

Blog 075 4

Como todo fashionista, sou fã de Madonna. Mas, convenhamos que a diva não andava abalando nos últimos tempos. Não andava. Você entendeu bem. Genntemmm, o que foi a performance da diva no Grammy 2015, realizado neste domingo, 8 de fevereiro? Madonna chegou cheia de si, com ar de "tô podendo, quem manda aqui sou eu", com direito até a exibir o bumbum para o mundo querendo dizer: "Vejam como estou ótima e em forma para meus 56 anos". Quando a cantora subiu ao palco, aí a coisa cresceu. Na performance de "Living for Love", Madonna causou, abalou, arrasou, transfigurou, que outros verbos poderia usar? Apesar de a-do-rar a Rainha de Bateria da Mangueira, Evelyn Bastos, quem deveria ser rainha de bateria do Carnaval carioca é Madonna. Tudo bem que ela já esteve aqui na época da folia de Momo. Porém, como rainha de bateria seria, no mínimo, inusitado. Ihhh, lá vai Vascota arrumar confusão no Carnaval. Madonna na pista? Onde já se viu? Desde já, peço perdão aos sambistas.

 

Uma atriz injustiçada na corrida para o Oscar

3-02-2015

Blog-074

Jurava que Amy Adams havia sido indicada para o Oscar 2015 na categoria de melhor atriz. Lá fui eu assistir a "Grandes Olhos" na torcida pela magnífica atriz de quem sou fã. Quando retornei ao escritório e fui pesquisar, que decepção. Amy não está entre as indicadas. No entanto, independente de indicação ao Oscar, vale a pena assistir ao filme (pelo menos Amy faturou o Globo de Ouro na categoria melhor atriz comédia/musical). Baseado em uma história real, Amy representa a pintora Margaret Keane, conhecida por retratar crianças com olhos enormes. O problema é que, após se casar com o mau caráter Walter Keane, Margaret passa a assinar as pinturas apenas como "Keane", sem o primeiro nome. Walter, que se dizia pintor quando conheceu Margaret, não passava de um falsário e começa a comercializar os quadros de Margaret como se fossem seus. Sentindo-se fraca e solitária, a pintora aceita a farsa durante cerca de uma década, até se dar conta de que deveria revelar ao mundo que ela era, na verdade, a autora das obras. Margaret decide, então, ir à Justiça e vence a causa, quando o juiz manda que os dois pintem um quadro no tribunal. Walter tenta driblar a situação alegando dor no ombro, enquando Margaret pega os pincéis e arrasa, provando ser ela a autora dos milhares de quadros vendidos por Walter como sendo dele. Moral da história: nunca deixe seu chefe, seu marido, namorado nem ninguém afirmar que é autor de um projeto, de um texto, ou de uma obra sua. Os louros da vitória devem ser dados ao verdadeiro autor.

 

A informalidade carioca

1-02-2015

Aviso aos turistas que vêm passar o Carnaval no Rio: acostumem-se, desde já, à informalidade carioca. Como assim, Vasco, não é bom, atual, não está na moda ser informal? Mais ou menos! Fui me dar conta de tamanha informalidade nos dias que passei de férias em Assunção, Paraguai. Tá toda se querendo...Precisou ir à Assunção para falar do carioca. Hummm, não tô gostando...Sério! Na capital paraguaia, só me tratavam por "senhora". Pensei: ah, deve ser a proximidade dos 50 anos. É, meu caros, Vascota já está caminhando para os 50...Independente de idade, hoje me chamou a atenção, desta vez em Ipanema, no Rio, como o carioca abusa da tal informalidade. Veja o diálogo entre a atendente e o cliente de um restaurante:

- Atendente: Cara, tu mora por aqui?

- Cliente: Morava ali na Barão da Torre. Mas, agora tô morando no Vidigal.

- Atendente: Pô, Vidigal é mó onda, a playboyzada toda vai lá.

- Cliente: É, o Vidigal é muito bom. E tu, mora aonde?

- Atendente: Na Júlio de Castilhos, em Copacabana.

Em vez de "senhora", quero ser chamada de "cara", daqui para a frente quero fazer parte da playboyzada.

 

Falando de cinema

30-01-2015

Blog-073

Até esta semana, sentia que o ano ainda não havia começado. Ihh, Vascota, tá atrasada, já estamos quase no final de janeiro. Eu sei, mas a questão do tempo é muito pessoal e, até mesmo, misteriosa. Há cientistas geniais como Stephen Hawking que se dedicam a estudar o tempo. Começa agora a corrida para o Oscar 2015, quando os filmes concorrentes começam a chegar às telas de cinema. Lembrando que a premiação será no dia 22 de fevereiro. Assisti nesta sexta-feira à brilhante atuação de Eddie Redmayne como o físico Stephen Hawking em "A teoria de tudo". Não é um filme brilhante, embora esteja indicado em 5 categorias: melhor filme, ator, atriz, trilha sonora e roteiro adaptado. Eddie Redmayne chega a "incomodar" de tanta perfeição na pele do cientista Stephen Hawking: desde a descoberta de uma doença motora degenerativa, aos 21 anos, até a maturidade do físico. Eddie representa o cientista durante toda a passagem do tempo, não há trocas de atores como em alguns filmes. A esclerose lateral amiotrófica tirou os movimentos de Stephen, assim como sua fala. No entanto, Jane Wilde, sua esposa, representada por Felicity Jones (muita boa, mas não excelente no papel), quis casar-se de livre e espontânea vontade, e assim se manteve por 30 anos ao lado de Hawking com direito a 3 filhos. O filme retrata mais o relacionamento de Stephen e Jane do que as brilhantes descobertas do cientista. Durante as décadas representadas no filme, vemos a clara decadência física de Stephen Hawking e o fim de um amor. Na vida real, Stephen se casa com uma enfermeira, com quem fica por 11 anos, separando-se sob suspeitas de que ela o maltratava. Jane se casa com um membro do coral da igreja que frequentava. 

 

 

Mais sobre o homem feminino

25-01-2015

Blog-069

 

Blog-070

 

Blog-071

 

Blog-072

 

Olha ele aí, gennnteee!! O homem feminino na visão da grife Yves Saint Laurent na Semana de Moda Masculina de Paris. Continuo buscando um homem feminino para vestir Saint Laurent e desfilar em Ipanema no Rio 40 graus. Alguém se habilita para a função?

Imagens: Christophe Ena/AP

 

 

 

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120