.

Edição 28

Ai, que cheirinho bom! – E aí, murchou? Toda aquela euforia para o Dia dos Namorados passou? A data, de fato, já passou, mas as dicas da coluna continuam válidas. Cadê o carão? E a pose de bacana? Nesta edição, pós Dia dos Namorados, nada de bola murcha, pois a indústria de cosméticos lança, a cada dia, novidades para nos tornarmos ainda mais belas e felizes. Nesta edição, o que há de novo no mundo na área de maquiagem e perfumaria.
Lábios de rubi – Começamos com lábios de rubi, ou melhor, Rubylips, o novo perfume de Salvador Dali. Sedutor, como sua embalagem, tem ainda outro ponto positivo: o preço. Não figura entre os perfumes mais caros. O vidro de 30 ml custa 96 reais. As lojas Universelle estão oferecendo uma amostra grátis de Rubylips. A loja do 3º piso do shopping Rio Sul conta com um brilho a mais: a gentileza da vendedora Rosângela.
Poção do amor - Outro lançamento na área de perfumaria é Spark, de Liz Claiborne. Sua campanha promocional o define como uma poção do amor, com notas afrodisíacas de orquídeas exóticas, mel caramelado e champagne. Que mistura, hein? Uhlala!
Batom à prova de beijo – Mesmo quem afirma que nunca, jamais faria uma tatuagem, vai querer, de uma hora para outra, fazer uma. Invincible Kiss Proof é o batom tatuagem da L´Oréal à prova de beijos.  A Maybelline promete lábios metálicos e futuristas com o batom Forever Metallics.

Léxico – Mulher : segundo o dicionário Aurélio significa “o ser humano do sexo feminino”. Poxa, Vasconcellos, não precisa usar o dicionário, não, todo mundo sabe o que é uma mulher. A palavra tão simples e bela ao mesmo tempo pode adquirir de uma hora para outra conotação extremamente pejorativa. Outro dia, o porteiro do prédio onde moro procurava na pilha de correspondências se havia algo para mim. Neste ínterim, o interfone tocou e ele disse: “- Depois eu vejo disso, agora estou atendendo a mulhé”. Magoou, acredito que a palavra moradora ou senhora teria sido mais adequada. Já ouvi também pessoas que dão recados desta forma: “-Ó, a mulhé ligou pra você”.

A mulher dá a dica – Carla Branco é a Mulher, com M maiúsculo. Responsável por todos os eventos culturais do Instituto Cervantes do Rio de Janeiro, Carla organiza, no momento, uma exposição sobre a vida e obra de Rafael Alberti, autor do livro “Sobre los ángeles”. Nesta quarta-feira, dia 16 de junho, às 16h, haverá leitura de poemas e textos de Rafael Alberti na sede do Instituto. Maiores informações: 3231- 6555.

Chocolate exquisito - E já que o assunto acima tem a ver com a Espanha e em terras tropicais anda fazendo mucho frio, que tal comermos chocolate? Na loja madrilenha chamada de “Cacao Sampaka” podem-se encontrar as seguintes iguarias: chocolate amargo com milho frito, bombom com anchova e queijo de Parma. Para nós, os bombons seriam meio esquisitos, mas para os espanhóis são exquisitos, com “x”, o que significa que são deliciosos, um manjar dos deuses.

Lascando o pau – E já que o assunto é comida, será que “o cliente tem sempre razão?” Nas paredes da centenária Confeitaria Colombo, no centro do Rio, li esta frase na véspera do Dia dos Namorados. Naquele dia, o atendimento no local estava caótico. Clientes irritados, funcionários despreparados e muitos turistas, toda esta miscelânea na Confeitaria. Os garçons pareciam mais preocupados em colocar gente para dentro do que em atender bem quem já estava no restaurante. A colunista anda saudosista, até rimou; saudade das épocas áureas da Colombo e também do Fran´s Café de Ipanema. As madrugadas do bairro mais fashion do Rio não são mais as mesmas após o fechamento do Fran´s. Hoje, o Café mantém apenas duas lojas no Rio: uma dentro da livraria Fnac, no Barra Shopping, e a outra no Centro Médico, também situado no shopping. Pena que as duas nem de longe lembrem as lojas de Ipanema e do Leblon, já extintas.
Plano de saúde para cabelos - Já pensou em financiar a conta do salão de beleza em até 12 vezes? Agora já é possível. Alguns salões de São Paulo, como o Jacques Janine, Vila Nova Conceição, estão dividindo a conta em até 12 prestações, com juros de 12 por cento ao ano. Diante da crise, outros salões também inventaram um sistema para facilitar a vida do cliente. No tradicionalíssimo De La Lastra, nos Jardins, serviços executados com a equipe Master, mais experiente, têm um preço. Com a equipe Sênior, formada por profissionais mais jovens, os preços caem pela metade.

Narumiya – Se você tem filhos crianças ou adolescentes, guarde bem este nome. Ele é o designer queridinho dos jovens japoneses. As roupas de Yuzo Narumiya trazem personagens de desenhos animados e custam caro. No Japão, as camisetas da grife de Narumiya custam cerca de 7 mil ienes, enquanto as da Nike custam menos da metade: 3 mil ienes.


O que a leitora disse – A leitora Conce Fernandes escreve para a coluna dizendo que se apaixonou pelo perfume Arbo, de O Boticário, citado na última edição, e que o perfume lembra o aroma de um creme da marca Victoria´s Secret.
Subúrbio vira reduto gay – Certa feita, um tio da família disse que queria arranjar uma mulatinha da Portela. O subúrbio do Rio, que abriga a quadra da Escola, e era um reduto das mulatas e dos sambistas, agora virou território gay. O balacobaco suburbano gay tem nome e endereço: trata-se da boate Egito em Cascadura. Na semana que vem, a coluna FALANDO DE MODA desvenda a alma masculina. Homem que se maquia, pinta a unha e tira a sobrancelha é macho, sim, senhor. Você vai conhecer e se surpreender com o homem metrossexual. Na próxima terça, dia de nosso encontro marcado. Não perca! Tchau e até lá!

Colaboração:
Maria Contreras e Paula Leite (de Brasília)
Florian Béthuleau e Stephane Serrier (da França)
Rosa Castellano (da Itália)
Ana Nakamura (do Japão)

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120