.

Edição 374

Aviso aos navegantes: eu não trabalho. As 374 edições desta coluna publicadas até hoje me foram sopradas ao pé do ouvido.“- Como assim, Vasco? Então, quer dizer que alguém transmite os textos para você, ou ainda...já sei! Você psicografa as colunas, é a nova Chica Xavier da moda”. Imagine, seria até falta de respeito com o mestre Chico. Semana passada, no salão de beleza, uma cliente perguntou: “- O que você está fazendo aqui a esta hora? Não trabalha”? Deveria ter respondido: Não, não trabalho, vivo de herança, tal qual a Bibi, da novela Insensato Coração. Devo ter cara de quem vive de brisa.
Trabalho difícil – Comprar em liquidação não é nada fácil, como muitos pensam. Somos seduzidos pelos preços, pela música alta das lojas, pelas vendedoras. Agora, é chegada a época das liquidações de inverno. Boa sorte para quem vai embarcar nessa. Já gostei mais de liquidações, hoje em dia ando meio cansada para encarar lojas cheias, preços que continuam altos apesar dos cartazes indicando as promoções, roupas e sapatos que acabarão ficando no armário, etc.

Trabalho difícil 2 – Escolher um produto adequado para nossos cabelos não é tarefa fácil. Minha atual cabeleireira sustenta a tese de que nosso cabelo não deve ser mimado demais, traduzindo...se usarmos apenas produtos caros, principalmente os de tratamento, os cabelos começam a ficar ariscos, pesados. Por isso, ela defende o uso intercalado com produtos de supermercado. Fiz exatamente o contrário do que ela me recomendou, em vez de comprar linhas mais baratas, investi no shampoo e máscara da Keune, da linha Vital Nutrition. O cabelo, de tão domado, acorda parecendo uma peruquinha.

Trabalho exótico – A última edição da São Paulo Fashion Week trouxe algumas esquisitices, digamos assim. Ao andarmos de olhos bem abertos nas grandes cidades brasileiras, como Rio e São Paulo, já corremos riscos, imagine, então, ao circularmos por aí de olhos vendados, como sugeriu a marca FH por Fause Haten.
Fotos: Agência Fotosite
FH por Fause Haten-São Paulo Fashion Week-verão 2012
Trabalho rico – Na última edição da coluna, declarei que, quando ficar rica, quero usar Pedro Lourenço. Também quero vestir Gloria Coelho, quando a riqueza bater à minha porta. Gloria faz um trabalho primoroso e é mãe de Pedro Lourenço.
Gloria Coelho-São Paulo Fashion Week-verão 2012
Trabalho criativo – Disse criativo para usar um eufemismo, vamos estudar Português e as figuras de linguagem. Após assistir ao desfile da Cavalera na São Paulo Fashion Week, recomendo a vocês que nunca mais reclamem da cara dos namorados, maridos, rolos, ficantes, ou qualquer outra categoria de homens. Ah é, reclamou da minha cara de cão? Aparecerei vestido de Cavalera para te assustar. Buuuuuu!
Cavalera-São Paulo Fashion Week-verão 2012

Terça-feira é o dia de nosso encontro marcado. Tchau e até lá!
E-mails para esta coluna: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120