.

Edição 373

Semana passada, as mulheres sauditas fizeram um protesto que chamou a atenção do mundo. Em vez de se desnudarem, mostrando o corpo e o rosto, saíram às ruas dirigindo, atividade proibida em seu país. Por aqui, a moda nos cobre nas passarelas, pior, ata-nos, chega de liberdade, conclamam os estilistas. Como mostrou Samuel Cirnansck na São Paulo Fashion Week, é hora de nos calarmos, mordaça na boca e mãos para trás amarradas. Será que a moda pega?
Fotos: Agência Fotosite

Liberta-me – Sou da época em que cantávamos: “Será que ele é bossa nova, será que ele é Maomé, parece que é transviado, mas isso eu não sei ele é”. - Ihh, que coisa antiga, Vasco.
Devo estar ficando antiga, reconheço. Neste século XXI, a moda abre as portas para o andrógino. O modelo sérvio Andrej Pejic abalou o Fashion Rio e a São Paulo Fashion Week. Andrej desfila vestindo os dois gêneros, isto é, looks femininos e masculinos. Na passarela de Lino Villaventura, apareceu vestido de mulher fazendo caras e bocas para os fotógrafos. Em entrevista à TV brasileira, disse que, quando criança, brincava de boneca. Que fofo!

Livra-me – Atire a primeira pedra quem nunca quis empiriquitar um marido, ficante, ou namorado. Tentamos, mas eles gostam mesmo é de uma bermuda, ou, no máximo, da boa e velha calça jeans. Para o Rio 40ºC no verão 2012, melhor do que a bermuda, seriam os collants propostos por João Pimenta.
O homem de João Pimenta em uma versão mais liberta.
Aqui, o estilista sugere um visual mais comportado para os homens.
Cubra-me – Tanto no Fashion Rio quanto na São Paulo Fashion Week, mais ainda nesta última, os estilistas nos encheram de panos, nem parece moda feita para o verão. A vantagem é que as roupas vieram bem acabadas, como na coleção de Reinaldo Lourenço. O problema será suportá-las debaixo de altas temperaturas.
O primor de Reinaldo Lourenço obrigará as mulheres a aguentar as altas temperaturas do verão 2012 para usar suas roupas super bem cortadas.
Componha-me – Na moda praia, é a vez das moças chiques, deem o fora, cachorras e saradas.
Gente poderosa vai à praia coberta da cabeça aos pés, olha as árabes fazendo história...
A estilista de moda praia Adriana Degreas propõe um verão luxuoso. Fica a pergunta: onde vamos tão produzidas? A Copacabana, por exemplo?
Estuda-me – O genial Pedro Lourenço, filho de Gloria Coelho e Reinaldo Lourenço, fez um desfile sóbrio, didático, diferente das performances da atualidade. Pegou o microfone para explicar suas criações. Detalhadamente, falava sobre os materiais, como usar cada roupa, etc. Uma verdadeira aula de costura. Quando ficar rica, quero vestir Pedro Lourenço. Espero que seja logo.

E-mails para esta coluna: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120