.

Edição 355

E o Fashion Rio, Vasco, como foi? Calorento, eu diria. O que houve, Vascota, sentiu muito calor durante a semana de moda carioca? No meio de um desfile, tinha um temporal. Não apenas uma chuva de verão, mas um desastre ambiental que acabou com a região serrana do Rio, onde ficam pólos de moda, como Petrópolis e Nova Friburgo. Tanto no Fashion Rio, quanto no Fashion Business, os fashionistas tiveram que suportar o forte calor que faz esta época na Cidade Maravilhosa(não entendo de engenharia, porém, foge à minha compreensão por que não conseguem refrigerar os eventos de moda de maneira que o clima fique agradável, ou é calor demais, ou um frio insuportável nas salas de desfile).Bem, certo é que não faltou calor humano para ajudar os desabrigados, o Fashion Rio foi um dos pontos de doação para as vítimas das chuvas.

Calor colorido – Após toda essa tristeza provocada pelas chuvas que mataram centenas de pessoas no Estado do Rio, a moda parece clamar por uma certa alegria no inverno. O preto e o cinza abrem espaço para cores fortes, como o verde, o azul e o amarelo.
Fotos: Agência Fotosite
British Colony (esquerda), Giulia Borges (centro) e Printing (direita)
Printing
Calor criativo – Os estilistas se baseiam em episódios inimagináveis para compor suas coleções. Na grife Filhas de Gaia, a inspiração veio de um assassinato imaginário em um quarto de hotel(influência da novela Passione?). Já Walter Rodrigues fez uma viagem ao Afeganistão nas passarelas. Andrea Marques, por sua vez, encantou-se com besouros, transportando o mundo desses insetos às roupas de sua grife.

Filhas de Gaia (esquerda), Walter Rodrigues (centro) e Andrea Marques (direita)

Calor colegial – A meia-calça, febre do último inverno, pelo visto, ficará nas gavetas na próxima estação. Nas passarelas de diversas grifes que se apresentaram no Fashion Rio, só deu meia três quartos.

Maria Bonita Extra (esquerda) e Patachou (centro e direita)

Patachou (fotos esquerda e centro) e TNG (direita)

Calor confortável – Vasco, quedê aqueles teus sapatos altíssimos que usavas? Ainda os tenho, mas, hoje em dia, a moda nos permite saltos baixos e confortáveis, aliados à elegância. No Fashion Rio, edição de inverno 2011, as botas de cano longo ficaram esquecidas, a botinha de cano curto foi a estrela da vez.
Coven
Calor picante – Nossa infinidade de batons e esmaltes cor de rosa deverá ficar no nécessaire no inverno 2011, uma vez que o rosa cede totalmente espaço para as bocas vermelhas.

Walter Rodrigues (esquerda) e TÊCA (direita)

Calor discreto – Para quem não gosta de batom vermelho, restam os tons nude, que também apareceram nas passarelas do Fashion Rio. As sobrancelhas, que chegaram a ser apagadas em outras edições da semana de moda carioca, agora voltam marcadas.
Patachou
Calor profissional – Ihh, olha a Vascota, aí, genteee! Palmas pra que te quero, quinta-feira tem mais!
Foto: Marcelo O'Reilly
Terça-feira é o dia de nosso encontro marcado. Excepcionalmente, nesta quinta-feira, dia 20 de janeiro, a coluna vai ao ar com uma edição especial sobre o Fashion Business. Tchau e até lá! Lembrando que Flávia Vasconcellos apresenta o quadro Estilo, toda sexta-feira, às 8:20h da manhã, na Rádio Roquette Pinto. Quem mora no Rio, basta sintonizar 94,1 FM. Para os ouvintes de fora do Rio, a rádio pode ser acessada pela Internet através do endereço: www.fm94.rj.gov.br.
E-mails para esta coluna: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Colaboração:
Maria Contreras e Paula Leite (de Brasília)
Virgil  Christine (da França)

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120