.

Edição 350

Há quem os ame, há quem os odeie, estamos falando dos shopping centers. Ih, Vasco, passear em shopping é coisa de gente que não tem o que fazer. Engano. Hoje em dia, os shopping centers oferecem muito mais do que lojas para comprar. Quem está sem dinheiro, por exemplo, pode aproveitar as livrarias que permitem o manuseio gratuito dos livros. Quem quer arranjar namorado, pode tentar no shopping. Quem quer descansar, pode procurar um hotel no meio do shopping, já vi isso em Santos-SP, ou seja, um hotel que desembocava no shopping. Precisa enviar uma encomenda ou tirar passaporte? Os shoppings têm serviço de Correios e sede da Polícia Federal. Com todos esses argumentos, Vasco, já vi que você adora um shopping. É, assumo, gosto mesmo. Nesta edição, um resumo de meus passeios pelos shopping centers do Rio.

Shopping da beleza – No feriadão da República, fui ao Barra Shopping, fazia uns 3 anos que não ia lá. Gostou, Vasco? Adorei. Assim como o Norte Shopping se tornou enredo de escola de samba, penso que o Barra Shopping também merecia tal homenagem. Belíssima a loja da Clinique no Barra Shopping, olhei apenas de soslaio, como diria um amigo, para não cair em tentação.
Foto: Reprodução
Shopping da beleza 2 – No meio do Barra Shopping, vi um quiosque da Avon, para as fãs da marca um oásis, pois podem-se ver os produtos ao vivo, ao contrário das compras feitas por catálogo, que, quando chegam às nossas mãos, nem sempre correspondem às expectativas.
Shopping do passado – Adorava o Fran´s Café de Ipanema, agora só restaram abertos no Rio os do Barra Shopping, dentro da livraria Fnac, e a filial localizada no Centro Médico, também no mesmo shopping. Nas poucas vezes que vou ao Barra Shopping, faço questão de almoçar no Fran´s Café da Fnac, para relembrar meus tempos de frequentadora do Fran´s de Ipanema.
Shopping da moda – Não é à toa que Manoel Carlos ambienta suas novelas no Leblon, o bairro é a passarela da moda carioca. Esses dias, comprei mais esmaltes para minha coleção na loja Juliano Faro do shopping Leblon. O kit com 4 cores, que vem dentro de uma bolsinha, custa R$ 15,00. Acabei comprando os 2 kits disponíveis, um com cores mais abertas e outro com tons mais discretos.
Shopping do turismo O Riosul, templo dos turistas, devido à sua localização, bem próximo à Copacabana, vai ganhar uma filial do restaurante Outback. Como diz o carioca, deve bombar, pois muitos fazem suas confraternizações de final de ano no Outback, e no Riosul funcionam várias empresas, além das lojas tradicionais.
Shopping gigantesco No feriado de finados, fui ao Norte Shopping, no coração do subúrbio carioca. Pode-se saber o que foste fazer no subúrbio, Vasco? Fui participar de um encontro feminino. Continuo afirmando que o Norte Shopping mereceu virar enredo de escola de samba em 2001, pois de lá até agora o shopping expandiu, é, de fato, o “gigante suburbano”, como dizia o enredo da “Difícil é o nome”, de Pilares. Melhor...uma vez que os teatros e cinemas da Zona Norte tornam-se cada vez mais escassos, o Norte Shopping brinda o público do entorno com o teatro Miguel Falabella.
Terça-feira é o dia de nosso encontro marcado. Tchau e até lá! Lembrando que Flávia Vasconcellos apresenta o quadro Estilo, toda sexta-feira, às 8:20h da manhã, na Rádio Roquette Pinto. Quem mora no Rio, basta sintonizar 94,1 FM. Para os ouvintes de fora do Rio, a rádio pode ser acessada pela Internet através do endereço: www.fm94.rj.gov.br.
E-mails para esta coluna: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Colaboração:
Maria Contreras e Paula Leite (de Brasília)
Virgil  Christine (da França)

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120