.

Edição 170

A rainha – Esta edição de número 170 começa com uma rainha. Helen Mirren, atriz que viveu a rainha Elizabeth II no filme “A Rainha”, chegou com um ar de nobreza à festa do Oscar. A expressão da atriz parecia dizer: Se interpretei a rainha da Inglaterra nas telas, hoje será minha noite de rainha. Dito e feito: Helen faturou o Oscar de melhor atriz e a coluna faz reverência ao traje escolhido: o vestido Christian Lacroix deixou Helen Mirren com pose de rainha.
O cabelo – Para quem havia decretado o fim do look liso chapinha, três atrizes mandaram um recado para o mundo, são elas: Nicole Kidman, Gywneth Paltrow e Reese Whitherspoon. Pelo visto, ainda vamos mergulhar por muito tempo no universo das escovas progressiva, de leite, de açúcar, inteligente, ufa, a lista é longa.
A peruca – Jennifer Lopez tem a capacidade de aparecer linda ou “estranha”, digamos assim. O penteado da cantora mais parecia uma peruca (quanto laquê!) e o modelito, hein? Acabou não embelezando a toda-boa Jennifer.
A gordinha – Este ano, começa bem para as gordinhas. No Carnaval, Preta Gil mostrou, à frente da Mangueira, que é possível uma gordinha exercer o posto de rainha de bateria. No Oscar, foi a vez de Queen Latifah provar que é possível ser elegante estando acima do peso.
A dançarina – Penélope Cruz surgiu com uma pele bonita, maquiagem suave e penteado caprichado. Todavia, o vestido, da grife Versace, suscitou dúvida: a atriz, de origem espanhola, iria a um baile flamenco após a cerimônia?
O bonitão – Enquanto a ex de Leonardo DiCaprio desfilava em Milão com looks de Dolce & Gabbana, o ator parece ter aprendido um pouco do mundo das passarelas durante a convivência com Gisele Bündchen. Leonardo DiCaprio apareceu perfeito em um Giorgio Armani e mais...Seu olhar brilhante transparecia que ficou melhor sem a modelo. Leo passou uma espécie de lição de casa para os espectadores do Oscar: é possível se recuperar de uma decepção amorosa e ressurgir mais forte e mais belo. Portanto, neste 2007, não importa se  você namorou o mais rico do mundo, o mais belo, o mais gostoso, o mais tudo. Se o namoro ou o casamento terminou, saiba que Deus reserva algo ainda mais glamouroso e feliz para você.
O diabo – Ai que saudade de “O Diabo veste Prada”...Uma vez, quando ainda morava em Belém, do Pará, ouvi de Solange, gerente da loja Forum na época:- Vou à Feira de Artesanato na Praça da República aos domingos com este look chique de trabalho, pois o público quer nos ver assim. Aproveitando a frase de Solange, acredito que o público gostaria de ter visto Meryl Streep e Anne Hathaway no Oscar com looks mais semelhantes aos usados no filme “O Diabo veste Prada”. As duas atrizes nem de longe pareciam ter atuado no filme e personificado a editora da revista de moda e sua assistente.
A glamourosa – Cate Blanchett, se viesse ao Rio, seria eleita “A Rainha do Baile Funk”. Que lição de glamour! A atriz, que escolheu um modelo Giorgio Armani de ombro só, ensinou a todas nós como transformar a cor do inverno 2007, o cinza, em algo chique e brilhante.
Na próxima edição, cuidado com a apatite. E mais...Tem uma caneta aí? Terça-feira é o dia de nosso encontro marcado. Tchau, e até lá, com muita alegria e alto astral!
E-mails para esta coluna: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Estamos on line no messenger em: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120