.

Edição 114

Janeiro foi o mês das semanas de moda. Primeiro, o Fashion Rio e, logo em seguida, a São Paulo Fashion Week. Para descansar da maratona de desfiles, que tal um sambinha? Quem não gosta de samba, bom sujeito não é, diz o ditado. Esta semana, a coluna deixa as passarelas da moda um pouquinho de lado e aporta em outra passarela não menos famosa no mundo inteiro. Vamos passear pelo Carnaval carioca: as novidades, os mistérios e os preparativos para os desfiles. E a moda também. Sambista é vaidoso que só ele...
Cidade do samba – Para quem mora em outros Estados, falar de uma “cidade do samba” pode soar estranho. Um pouquinho de Geografia, então, antes de começarmos. A Cidade do Samba fica na cidade do Rio no bairro da Gamboa. Concentra os barracões das 14 escolas de samba do Grupo Especial do Carnaval carioca. Exemplo: é lá que Mangueira, Imperatriz, Portela, etc, preparam as alegorias, as fantasias, os carros para o desfile no Sambódromo. Antes, os barracões ficavam espalhados pela cidade, até que a prefeitura resolveu fazer a obra e criar a Cidade do Samba.
Fotos: Marcelo O'Reilly
Cidade do mistério – Como os carnavalescos convivem agora lado-a-lado, todo o cuidado é pouco. As escolas estão rodeadas de mistérios, ao entrar nos barracões, olhos atentos para ver se estamos com equipamentos fotográficos. Sambista é vaidoso, sim, mas em outros aspectos. Tirar foto na Cidade do Samba é perigoso, seguranças cercam os barracões das escolas e vigiam de perto os "espiões", digamos assim. Outro dia, estive frente a frente com a águia da Portela, tentei levar no papo um dos diretores da escola, disse que acalentava o sonho de chegar perto do tão famoso animal. (Tudo isso para tirar uma foto do barracão da escola). Disse o diretor: Na hora do desfile, você tira sua foto com a águia. É, pelo visto, jogar charme por aqui não vale...
 
Os logotipos das escolas não são mera propaganda: eles escondem os segredos dos barracões
Cidade do turismo – A Cidade do Samba deve atrair muitos turistas. Dá só uma olhada nos banheiros, tudo é enfeitadinho com símbolos de Carnaval.
Cidade shopping – Na sua cidade tem shopping, não tem? Shopping que se preza tem uma boa praça de alimentação, verdade? Olha ela aí, gente!! A Cidade do Samba não é exatamente um shopping center, todavia, já tem a sua praça de alimentação.
 
Cidade da imprensa – Embora os barracões das escolas de samba estejam rodeados de mistérios, olha nós aí outra vez!! A imprensa está diariamente na Cidade do Samba atrás de notícias.
 
Cidade das musas – No capítulo musas, é bom esclarecer, quem quiser vê-las deve ir aos ensaios técnicos das escolas de samba, que vêm sendo realizados todos os finais-de-semana no Sambódromo. O endereço das musas é lá, e não a Cidade do Samba. Todo final-de-semana passa uma na avenida. Haja coração: Juliana Paes, Suzana Vieira, Viviane Araújo, as belas do Carnaval bem perto do público que lota as arquibancadas durante os ensaios. E se você pretende ir aos ensaios, confira os looks dos habitués. Aqui, as mulheres deram uma rasteira nas sandálias baixas, a ordem é subir no salto para sambar. Não disse que sambista era vaidoso?
  
Acima: As rainhas Juliana Paes, Suzana Vieira e Viviane Araújo enfeitam o Sambódromo carioca.
Abaixo: A vaidade das passistas em cima dos saltos, sem eles o samba pode até "atravessar".
 

Colaboração:
Portal Academia do Samba - especial para esta edição (www.academiadosamba.com.br)
Maria Contreras e Paula Leite (de Brasília)
Virgil Christine (da França)

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120