.

Edição 100

Revelações – Esta edição da coluna, de número 100 (ufa!) começa com revelações. A correspondente da TV Globo em Londres, a jornalista Beth Lima, revelou na semana passada no programa Mais Você que, embora acompanhe há décadas os desfiles de moda internacionais, gosta mesmo é de decoração. Beth está lançando o livro “Como arrumar a casa”. Enquanto Beth curte os ofícios da culinária e da casa, confesso que gosto, sim, de moda, senão como poderia escrever 100 edições de uma coluna dedicada à moda? Assim como Beth, farei uma revelação: gosto do glamour dos desfiles, mas adoro a cultura popular. Nesta edição, vamos viajar, percorrer um lugar popular, digamos assim, atire a primeira pedra quem nunca, jamais, carregou na bolsa aquele chaveirinho comprado em bancas de souvenir pelo mundo, aquele espelhinho do camelô e por aí vai. O local popular escolhido para esta 100ª edição reúne moda, cultura e religião. E reúne também bruxas, Papai Noel e ziriguidum. A rua da Alfândega é um centro tradicional de comércio popular do Rio; em sua cidade, com certeza, haverá uma rua da Alfândega, se quiser mande uma foto para a coluna com as curiosidades do lugar.
Afinal, em que época do ano estamos? – Na rua da Alfândega, é chegado o Halloween, a chamada Festa das Bruxas, o Natal e o Carnaval. Quer coisa melhor? Todas as festas do calendário juntas.
Fotos: Marcelo O'Reilly

Sedução barata – A sedução pode ser barata, mas é não vulgar. Veja as peças íntimas e seus preços.

Conforto barato – A roupa de cama também é barata, aliás, como quase tudo nesta região, todavia, o edredon não deixa a desejar, escolha um e leve para casa, a noite promete, pois a lingerie você já comprou, lembra?
Malhação barata – Ihh, Vasconcellos, tô um pouquinho acima do peso, de nada vai adiantar uma lingerie e um edredon novos na hora da saliência. Adianta, sim, basta malhar, já que estamos na primavera, uma época excelente para a prática de exercícios. Veja os modelitos de roupas de ginástica.
Prece barata – Buáaaa, poxa, Vasconcellos, você falou em lingerie e edredon, mas nem namorado eu tenho, dirão algumas...Não tem problema, vá à rua da Alfândega e compre uma camiseta com o santo de sua preferência por R$9,99.
Prece barata 2 – Comprou demais, está precisando de dinheiro, emprego ou namorado? Faça uma pausa nas compras e reze junto à imagem de São Jorge. A igreja dedicada ao santo fica incrustada no centro de comércio popular carioca.
Moda barata – Está com tudo e não está prosa? Corpinho malhado, namorado a tiracolo e dinheiro no bolso? Então, leve as blusinhas da moda para casa.
Praia barata – As temperaturas subiram bastante nesta primavera, a praia da carioca já está garantida com os biquínis da rua da Alfândega.
Festa barata – Após um dia de compras e aquela explosão de alegria, que tal dar uma festa? Observe as flores para decoração e as lojas de artigos para festas.
Lanche barato – Bateu o cansaço, é hora da pausa para o lanche. Como a região abriga muitas lojas de árabes, o sucesso por aqui são as esfihas acompanhadas de refresco.
Patrimônio barato – Embora muito do que se veja na rua da Alfândega seja moderno, o local é antigo. Um passeio por este centro de comércio popular serve também para observar a arquitetura da cidade e as lojas da primeira metade do século passado.

Capricho barato – Para caprichar no visual, você ainda pode fazer uma tatuagem ou comprar uma jóia.

Despedida barata – Agora chega, vamos embora, não sem antes passar no banheiro, afinal vamos enfrentar a viagem de volta para casa. O uso do toalete na rua da Alfândega é cobrado, mas cá entre nós, veja o valor, menos de um real.
Na próxima edição, vamos tomar um banho de rainha com direito a calda de pêssego e merengue de morango. A você que acompanha a coluna desde a primeira edição, o meu muito obrigada. Para saber mais sobre a coluna Falando de Moda, clique em Histórico. Terça-feira, você já sabe, é o dia de nosso encontro marcado. Tchau e até lá!
E-mails para esta coluna: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Colaboração:
Maria Contreras e Paula Leite (de Brasília)
Virgil Christine (da França)

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120