.

Edição 12

Revistas com bolo – Descobri uma banca de jornais em Ipanema que vende bolo. O que já era bom, ficou ainda melhor. Encontrar as principais revistas do mundo em um só lugar já era o sonho dourado e prateado de qualquer jornalista, mas agora comprar uma revista e um bolinho para ser degustado enquanto você lê a revista, tornou-se a maravilha das maravilhas. A banca apetitosa fica em frente às Lojas Americanas do bairro.

Aperitivo no cabeleireiro – É a nova moda das italianas. Em vez de marcar um happy hour em algum bar da moda, elas preferem tomar um drink com as amigas no salão de beleza. Aproveito para convocar todas as minhas amigas para um reencontro no salão, aguardo resposta por Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.l!

Foto: Salon Bali Paradise
Menu lifting - Quem é mulher já passou por isso e, no fundo no fundo, quem é homem também. Todo mundo sente aquele friozinho na barriga, aquele zah, zah, zuh (como diria a personagem Carrie do seriado Sex and the City) quando está prestes a comparecer a um encontro com um novo amor. O que vestir, o que falar, que perfume usar, tudo isso passa pela nossa cabeça. Foi então que os cientistas criaram um menu que promete maravilhas no dia do encontro. Basta comer salmão 48 horas antes do dia D e você estará com uma pele linda e maravilhosa. A garantia é do dermatologista Nicholas Perricone da Universidade de Yale nos Estados Unidos.
Foto: Air Canada

Todo o poder às mulheres - Outro dia, fui a uma formatura de Direito na Universidade Cândido Mendes aqui no Rio. O professor que dirigia a solenidade reconheceu o talento das mulheres no Judiciário. Mas, será que uma mulher pode ser tão durona quanto um homem? A resposta é sim. Hillary Clinton foi considerada mais do que uma mulher durona, a ex-primeira-dama ganhou o título de “Homem Durão de 2003”, concedido pela revista americana “Men’s Journal”. Os editores alegaram que Hillary deu uma lição de dureza ao superar os problemas conjugais com Bill Clinton.

A separação do ano - Foram 43 anos de união, mas o casamento chegou ao fim. Não tem jeito, eles não voltarão atrás nem tentarão uma possível reconciliação. Estamos falando de Barbie e Ken, o casal de bonecos mais famoso do mundo. Como em toda separação, “eles serão bons amigos”, é o que afirma Russel Arons, vice-presidente de marketing da Mattel, empresa fabricante dos bonecos. Barbie pode estar de coração partido com o fim do casamento com Ken, mas continua sendo “um protótipo de mulher poderosa”: a cada segundo, 3 Barbies são vendidas ao redor do mundo. Os números são da Mattel, que informa ainda que um dos motivos da separação teria sido a relutância de Ken em se casar.
Prefeito fashion – Não foi uma rapidinha que tive com o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, conforme anunciei na última edição. Enganei vocês. Anunciei aos quatro ventos que foi uma rapidinha apenas para aguçar os sentidos. Na verdade, passamos três horas juntos no bar do hotel, onde o prefeito se hospedou na Cidade Maravilhosa. Durante essas três horas, falamos de política, é claro, e Edmilson logo avisa: “Não sou político profissional”. Político de carteirinha ou não, na agitação da metrópole vi um Edmilson relaxado, chegando a cantar evocando os limoeiros retratados nos versos do mestre Verequete, definido pelo prefeito como um homem fashion. Apresento-lhes o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, em uma entrevista como você nunca viu antes, afinal esta é a primeira vez que ele é procurado para mostrar o que pensa a uma publicação de moda e comportamento.
Foto: Alejandro Truman                            


O Prefeito Edmilson Rodrigues e esta colunista no bar do hotel Othon

Emoção- Após sete anos de mandato, o prefeito conta que ainda se emociona em alguns eventos oficiais. Vibra quando são eventos musicais e, quando questionado sobre o que traria de Belém para o Rio, não hesita ao responder: “A música paraense”.
Viagem oposta – Do Rio de Janeiro para Belém, diz que levaria a orla carioca.
Lascando o pau- Apaixonado pela arquitetura de Belém, ele próprio um arquiteto, Edmilson demonstra um verdadeiro repúdio às gangs de pichadores que enfeiam a capital do Pará.
Viagens arquitetônicas – Quando convidado para eventos internacionais, seja no Uruguai ou na Itália, quando fala do que sabe nas universidades locais, a arquitetura urbana, revela que sente saudade da culinária da Cidade das Mangueiras. Entre copos, pratos e talheres suntuosos na Itália, lembrou do açaí que teria tomado sentado no chão em Cametá. Convicto, revela que prefere o açaí à uma bela pasta italiana.
Eleição- Pedi que o prefeito elegesse um lugar e uma personalidade fashion de Belém. O lugar escolhido foi o Theatro da Paz, “uma verdadeira jóia incrustada no meio de Belém”, nas palavras dele.
Quanto à personalidade fashion, errou quem pensou que Edmilson escolheria uma mulher. O poeta, o artista, o cantor Verequete é fashion na visão do prefeito. Questionei se ele próprio não teria se tornado um homem fashion, já que o colega de partido, o presidente Lula, vem sendo acusado de não ser mais aquele operário do início da militância política, fazendo uso atualmente de roupas de griffe. Falando em griffe, não me revelou a marca do relógio, muito bonito, por sinal, mas disse que “a roupa deve adequar-se à ocasião” e que se estivesse na universidade dando aula teria preferido uma camisa de mangas curtas.
Foto: Governo do Pará
Foto: Estacon
Recado ao pé do ouvido- Perguntei ao prefeito o que diria ao pé do ouvido de Lula se estivesse viajando junto com o presidente a bordo do Air Bus, o novo avião da Presidência. O prefeito Edmilson Rodrigues respondeu que não diria, e sim, que vai dizer, pois Lula irá a Belém no próximo dia 26. Edmilson adiantou que vai sugerir ao presidente Lula que amplie os investimentos na área social.

Planos para o futuro- No início desta entrevista, fez questão de deixar claro que não é um “político profissional”, o que será, então, de Edmilson no final do mandato, já que ele não pode se reeleger? Muito simples: o prefeito mostrou seu desejo de retornar aos bancos escolares, pretende fazer Doutoramento na USP ou no INPE. Fica dado o recado, prefeito professor!
Na próxima edição, as curiosidades do Carnaval/2004, o que a televisão não mostrou e você terá acesso aqui na coluna Falando de Moda através de nossos correspondentes infiltrados na Sapucaí. Tchau e até lá!

Colaboração:
Maria Contreras (de Brasília)
Florian Béthuleau e Stephane Serrier (da França)
Rosa Castellano (da Itália)

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120